A formação de um discípulo fiel

Você já pensou porque a Bíblia fala tanto de fidelidade? Porque é importante que o coração do discípulo deva ser fiel? Gostaria de refletir com você sobre a postura de um discípulo, mas especificamente sobre o que é ser fiel.

A Igreja primitiva é o nosso exemplo de discipulado correto, discipulado profundo. Por isso eles chegaram aonde chegaram e o evangelho chegou até nós.

Quero te fazer uma pergunta: O que é mais importante, o Evangelho ou o meio pelo qual ele foi transmitido?

O que é Evangelho?

R: Boa notícia, Boas Novas, Boa mensagem.

Se você tem algo precioso para ser transmitido, encaminhado para outro estado, qual meio que você usaria?

Com certeza você usaria o meio mais seguro, que garantisse que a mercadoria chegaria em segurança.

Com a igreja não foi diferente, observe Jesus; Ele o Deus encarnado decide escolher homens improváveis para serem seus discípulos. Ele tinha uma missão muito importante e com certeza Ele não falharia, muito pelo contrário sua missão seria um sucesso.

Qual foi o modelo que Jesus escolheu para que o evangelho chegasse a nós em sua íntegra? A Resposta é simples: O Discipulado.

O discipulado é o meio mais seguro e mais eficiente para garantir que o evangelho seja transmitido em sua plenitude, quando é aplicado de forma profunda.

O nível de discipulado demonstra a qualidade que teremos no resultado final do discipulado, ou seja, se quisermos um resultado eficaz e bem sucedido, precisamos fazer o discipulado profundo para que o mesmo gere muitos frutos.

Não podemos reclamar do resultado, se não garantimos a execução do discipulado profundo e com qualidade.

Observe o que Paulo fala para Timóteo – “E o que de mim, entre muitas testemunhas, ouviste, confia-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros“.

Paulo está garantindo que Timóteo seu filho na fé seja fiel no discipulado – Discipulado não é apenas ser discipulado, ou ter alguém que invista um tempo por semana em sua vida. Discipulado é mais profundo do que parece, discipulado é ser formado por alguém e esta pessoa que é formada deve se tornar formadora de outros discípulos.

Discipulado é a arte de formar pessoas improváveis em pessoas bem sucedidas.

Para isso precisamos entender que no processo da formação do discípulo precisamos ser fiéis.

Paulo está pedindo que seu filho garanta que, o que ele aprendeu de Paulo seja confiado a homens fiéis e idôneos, para que este seja ensinado a outros.

A pergunta é: Porque deve ser confiado a homens fiéis e idôneos?

R: Porque só assim ele garantiria que o evangelho seria transmitido de forma integra.

O que Paulo está firmando em Timóteo é a necessidade de manter a qualidade do discipulado. E para isso precisamos ser fiéis em tudo. Precisamos ser exemplos, no falar, no proceder, na forma de discipular, por que assim como agimos, estaremos reproduzindo.

Lembre-se, discipulado é além de um encontro, Paulo disse a Timóteo que aquilo que ele viu, não somente o que ele aprendeu com Paulo falando, mas aprendeu olhando a suas atitudes, a sua forma de falar e de proceder. Isto é discipulado! Estamos dispostos a fazer discípulos? Se a resposta é sim, estejamos prontos a buscar todos os dias ser fiel em tudo, lembrando que o sucesso do discipulado é quando seu filho na fé chega ao objetivo final, a estatura de Cristo Jesus.

Por:

Pr. Claudinei Carneiro

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s